Politica

Lula diz que não é fácil morar no Alvorada e reclama de pouca comida em banquete

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta terça-feira (27) que está com “saudade de casa” e que “não é fácil morar no Alvorada”. Além disso, falou que “não come bem” nas viagens internacionais e que as refeições oferecidas nos banquetes das autoridades “não é lá essas coisas”, porque são “muito sofisticadas” e servidas em pouca quantidade (veja o vídeo ao final do texto).

A declaração ocorreu na terceira edição da live semanal “Conversa com o Presidente”. Durante a exibição, o apresentador Marcos Uchôa perguntou se Lula, em decorrência do terceiro mandato, se sentia “em casa” por morar no Palácio da Alvorada, que é a residência oficial da Presidência da República.

Ao responder “não”, Lula disse que o Alvorada não tem nada de aconchegante e que, por isso, prefere sua casa em São Paulo, onde os cômodos e móveis são mais “pertinho” um do outro.

“Em casa é tudo pequeno, é tudo aconchegante. Em casa, até o banheiro é perto. Aqui (no Palácio do Alvorada) é tudo muito longe, para você comer, você anda quase 200 metros, para tomar café você anda mais 200 metros, para ir ao banheiro é mais 40, 20 metros. Ou seja, é tudo mais difícil”, disse.

Atualmente, o presidente e a primeira-dama Janja da Silva foram criticados por comprar mobiliário de luxo para a residência oficial. Conforme reportagem relevada pelo jornal Folha de S. Paulo o governo federal gastou R$ 196.770,00 em cinco móveis e um colchão.

Presidente Lula tem realizado lives semanais para fazer um balanço das ações do governo
O Alvorada é a residência oficial da Presidência da República e tem 7 mil metros quadrados. Segundo informações do próprio governo federal, a edificação é composta por subsolo, térreo e um primeiro andar.

solo que abriga um auditório para 30 pessoas, Sala de Jogos, Almoxarifado, Despensa, Cozinha, Lavanderia e a Administração do Palácio;
térreo com salões utilizados pelo Presidente da República, para compromissos oficiais de governo;
primeiro andar que constitui a parte residencial do Palácio, onde se encontram quatro suítes e salas íntimas;

Banquetes Internacionais
Ainda durante a live, Lula procurou dar um tom mais austero às suas viagens internacionais ao dizer que “não come bem” nos banquetes oferecidos pelas autoridades e que comida de hotel não é boa. O petista é criticado por opositores por se hospedar em hotéis de luxo.

O apresentador Marcos Uchôa lembrou que Lula estava recentemente na Itália e França na última semana, cujos países têm culinária reconhecida internacionalmente. O mandatário disse que “nada supera um feijão com arroz, um ovinho frito um bife acebolado”.

“Em palácio você não se come bem em lugar nenhum do mundo. E eu não vou em restaurante e a minha comida é de hotel. E a comida de hotel, também, não é boa, não é das melhores”, disse o presidente Lula ao falar que não tem liberdade, durante as agendas internacionais, para sair e comer em restaurante.

Em tom de brincadeira, petista não polpou críticas às refeições oferecidas pelo Palácio do Itamaraty, sede do Ministério de Relações Exteriores, durante agendas oficiais com autoridades internacionais. “A comida não tá boa. Você traz um convidado aqui, então vamos oferecer (uma boa comida)”.

Em seguida lembrou que já ofereceu feijoada em outras ocasiões para príncipes e princesas e que todos gostaram, e que o prato típico da culinária brasileira não gerou “mal-estar”.

O mandatário brasileiro falou que nos banquetes a comida é pouca e que não se acostumou com isso. “Pode ser guloseima da minha parte, mas não me acostumei a isso. Para mim, tem que ter um pouco mais de quantidade”.

O presidente Lula chegou fechar os olhos durante a live para se imaginar degustando um dos seus pratos prediletos. “Eu gosto de quantidade, uma rabada, uma galinhada, um frango com quiabo. Não tem nada melhor. Lá fora é tudo sofisticado e não encontramos essas coisas”.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo